top of page
Cabeçalho Site Wix  (1).png

Explicando como é possível obter soluções jurídicas de maneira criativa e compreensível.

Análise automática por robô nega aposentadoria do INSS - Saiba o que fazer

A análise automática de benefícios com uso de robôs de inteligência artificial do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) aumentou de 17% para 23%, em 2023, e a meta do órgão é aumentar a automação de serviços para 50% até 2026. No entanto, aumentaram também as negativas indevidas de benefícios, como aposentadorias, para segurados do INSS. Entenda mais, e saiba o que fazer se você passou por isso.

Saiba o que fazer diante da negativa automática por robô do INSS
Saiba o que fazer diante da negativa automática por robô do INSS

1. INSS Aumenta Análise de Aposentadorias por Robôs


Recentemente, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) adotou uma abordagem tecnológica avançada para lidar com o crescente número de pedidos de aposentadoria. De acordo com um relatório de 2023, aproximadamente 60% das solicitações de benefícios são processadas por sistemas automatizados, também conhecidos como "robôs". Esses sistemas têm como objetivo aumentar a eficiência e reduzir o tempo de espera dos segurados.


No entanto, essa automação tem gerado preocupações. Muitos pedidos são negados automaticamente sem uma revisão humana adequada, causando frustração entre os segurados. A automatização, embora eficiente em alguns aspectos, pode falhar em considerar nuances e particularidades de cada caso, levando a injustiças. Por isso, é fundamental entender como esses robôs funcionam e o que fazer caso seu pedido seja negado.


2. Como Funciona o Robô do INSS


Os robôs do INSS são programas de computador desenvolvidos para analisar dados de forma rápida e eficiente. Veja como funciona o processo:


  1. Recepção de Documentos: O segurado envia toda a documentação necessária, incluindo comprovantes de contribuição, documentos pessoais e laudos médicos.

  2. Análise de Dados: O robô cruza os dados fornecidos com os registros do INSS e outros bancos de dados governamentais.

  3. Verificação de Requisitos: O sistema verifica se o solicitante cumpre todos os requisitos legais para a concessão do benefício.

  4. Decisão Automatizada: Baseado na análise, o robô decide pela aprovação ou negação do pedido. Em alguns casos, o pedido pode ser revisado manualmente, mas a maioria das negativas ocorre automaticamente.


Embora esse sistema busque eficiência, ele pode cometer erros, especialmente em casos onde há complexidade ou documentação insuficiente. Isso torna essencial saber como recorrer dessas decisões.


3. O Que Fazer se Seu Pedido de Aposentadoria é Negado Automaticamente?


Se o seu pedido de aposentadoria foi negado automaticamente pelo INSS, não se desespere. Veja os passos que você pode seguir:


  1. Entenda o Motivo da Negativa: Leia a decisão do INSS para compreender o motivo da negativa. Muitas vezes, a razão está na falta de documentação ou em informações inconsistentes. Busque auxílio de um advogado especialista para lhe orientar, se necessário.

  2. Reúna Documentos e Provas: Junte todos os documentos que comprovam seu direito ao benefício, como registros de contribuição, laudos médicos e comprovantes de vínculo empregatício.

  3. Recurso Administrativo: Você pode contestar a decisão por meio de um recurso administrativo junto ao INSS. Isso permite apresentar novas evidências e esclarecer inconsistências.

  4. Ação Judicial: Se o recurso administrativo não resolver, considere entrar com uma ação judicial. Um advogado especializado pode aumentar suas chances de sucesso.

4. Como um Advogado Especialista em INSS Pode Ajudar Você?


Primeiramente, entender o porquê o seu pedido foi negado ou suspenso.


Para isso, é necessário acessar o processo administrativo, no portal Meu INSS, e interpretar e analisar a motivação da decisão do INSS.


Somente o advogado especialista pode verificar se houve erro por parte do INSS e qual o melhor caminho para reverter essa decisão.


Infelizmente, o INSS costuma errar muito em suas decisões, fazendo que milhares de segurados vivam momentos de angústia e desconforto diante da luta por um direito que lhes é devido.


Atualmente, vários benefícios são mal avaliados, em razão de número insuficiente de servidores para analisar todos os requerimentos. Estima-se que no ano de 2022 quase 2,5 milhões de benefícios ficaram aguardando a resposta administrativa do INSS, um represamento de pedidos muito alto. Os dados são do Portal da Transparência Previdenciária.


Além disso, vários pedidos do INSS não negados de forma automáticas pelos programas de inteligência artificial. OU seja, sequer são analisados.

Conclusão


Se você teve seu pedido de aposentadoria negado pelo INSS, não deixe que a decisão automática de um robô prejudique seus direitos. Busque ajuda especializada agora mesmo. O Advogado Denison Batista, especialista em INSS, já atuou em centenas de processos contra o INSS e pode ajudar você a garantir seu benefício.


Agende uma consulta gratuita hoje mesmo e lute pelos seus direitos! Fale conosco pelo WhatsApp e inicie sua jornada para um futuro mais seguro.


Lembre-se, a aposentadoria é um direito seu, e você merece lutar por ele.



Gostou do conteúdo?

Então, compartilha esse post com seus amigos e conhecidos. 👍🏼

Quer saber mais! Entre em contato com a gente. 😉


Коментарі


Advocacia Denison Batista

Somos uma empresa digital com pontos de atendimento físicos e cordiais nos escritórios digitais da OAB.

© Todos os Direitos Reservados 2022 | Feito por Denison Augusto Batista Sociedade Individual de Advocacia, CNPJ nº 47.236.173/0001-77.

Situado no Rio de Janeiro/RJ, representado por Denison Augusto Batista, inscrito na OAB/RJ sob nº 225.641. Telefone de contato (21) 97067-6664. 

bottom of page
Falar com Advogado no Whatsapp